Preso em São Luis padrasto suspeito de matar menina Alanna

By | 4 de novembro de 2017

 

Um policial que estava à paisana dentro da Van reconheceu o suspeito de abusar, matar, e enterrar o corpo de Alanna Ludmilia no quintal, no Maiobão, na quarta-feira, dia 1, mas o Serviço de Inteligência da Polícia já havia tomado informações sobre a fuga e armou a barreira com militares.

No momento a polícia estuda em qual lugar ela vai ficar. Nas delegacias em bairros é vulnerável e no presídio de Pedrinhas a recepção pode ser pior ainda.

 

Compartilhar