Polícia Civil de Santa Inês prende trio suspeito de furtar equipamentos e combustíveis da empresa VALE

By | 16 de março de 2018


A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da 7ª Delegacia Regional de Santa Inês/SPCI, coordenada pelo Delegado Ederson Martins juntamente com sua equipe de capturas, desencadeou uma operação no combate ao furto de equipamentos e combustíveis da empresa Vale, bem como a comercialização de armas e munições.

A operação foi desencadeada após várias prisões e apreensões de crimes cometidos contra a empresa Vale, tendo em vista as reincidências e continuidade dos delitos, os quais não cessavam mesmo com várias investidas policiais.

Assim após intensa Investigação corroborada com informações do Centro de Controle da Empresa VALE, pairou indícios da participação de alguns funcionários da empresa terceirizada que fazia a “segurança” da empresa, sendo que os mesmos poderiam estar furtando combustíveis e equipamentos da empresa na região de Alto Alegre do Pindaré.

Com base nas informações/Investigações a equipe de capturas realizou várias diligencias na cidade de Alto Alegre do Pindaré onde confirmaram os informes acima e lograram êxito em localizar objetos furtados da empresa na residência de dois funcionários da empresa terceirizada, tratando-se de JOCELIO MACIEL DOS SANTOS(Inspetor de Segurança) e ANTONIO MARCOS MACIEL CAMPOS (Vigilante), sendo ambos presos em flagrante pelos crimes de Furto majorado pelo período noturno e qualificado pelo rompimento de obstáculos, Abuso de Confiança e Concurso de Pessoas em continuidade delitiva e Associação criminosa armada, os autuados confessaram suas participações nos delitos e ainda detalharam o modus operandi da quadrilha.

Em ato contínuo, a equipe retornou para a cidade de Santa Inês e munidos de mais informações, deslocaram até a residência de um dos mentores intelectuais do crime e líder da associação, FREDSON ALVES, que trabalha como Bombeiro Civil de uma empresa que presta serviço para a Vale, bem como faz “bicos” de segurança privado, recebia todas as informações da localização das equipes de vigilância da Vale para poder realizar os furtos de combustíveis, e posteriormente comercializava a venda dos mesmos.

Além disso na residência de FREDSON foram localizadas uma pistola taurus 380 com 3 carregadores e 24 munições intactas, um rifle puma cal.38 e estojos recarregáveis de cartucho calibre 36, nesse ínterim foi vislumbrado que também exercia irregularmente a função de armeiro na cidade, bem como comercializava armas e munições, municiando assim a criminalidade local, FREDSON foi autuado pelos crimes de Furto majorado pelo período noturno e qualificado pelo rompimento de obstáculo, Abuso de Confiança e Concurso de Pessoas em continuidade delitiva e Associação criminosa armada e Comercialização de Armas de Fogo.

FONTE: Polícia Civil

Compartilhar