Homem foi executado com vários tiros nesta quinta feira em Maracaçumé

By | 27 de outubro de 2017
Natural de Carutapera, Edison dos Santos Junior, de 37 anos, vulgarmente conhecido como “Júnior Balceiro”, foi morto na noite desta quinta-feira (26) no município de Maracaçumé, com vários tiros na cabeça.
Os assassinos invadiram o imóvel e executaram a vítima à bala na frente de familiares. Nenhum suspeito havia sido identificado ou preso até o início da madrugada.
‘Júnior Pezinho’, como também era conhecido tem uma vasta folha corrida, tendo cumprido pena por diversos crimes quando integrou uma quadrilha especializada em assaltos a agências bancárias.
Segundo a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Edson também respondia pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, em Bacabal, e por roubo e formação de quadrilha, em Maracaçumé.
Ele é acusado de participar das explosões da agência do Banco Bradesco, no dia 27 de julho de 2014, no município de Cândido Mendes; nos bancos do Brasil e Bradesco, no dia 11 de outubro de 2014, no município de Bequimão; e dos bancos do Brasil e Bradesco, do município de Carutapera, no dia 20 de novembro de 2014.
informações Sergio Mathias
PUBLICIDADE
Compartilhar