Estratégia da caravana de Roseana muda após fiasco do primeiro dia: a ordem é gastar

By | 10 de março de 2018

A estratégia da caravana de Roseana vai mudar depois do fiasco que foram os eventos em Santa Inês e Santa Luzia, nesta quinta-feira. Desde o início, a organização do ato estava esperando que lideranças locais gastassem dinheiro para botar gente nos eventos.

Diante do fracasso do primeiro dia, a estratégia mudará a partir de agora. A ordem no clã Sarney é gastar do próprio bolso para que papelões como o de Santa Luzia não voltem a se repetir. Os organizadores das outras cidades que Roseana irá percorrer já estão cientes da nova ordem e começam a procurar pessoas para fazer esse papel.

O problema é que as lideranças locais querem receber antecipado com medo de calote. “Gente, com Roseana só com pagamento à vista”, bradam os que estão sendo chamados para tentar encher os atos da caravana.

O receio das lideranças não é novo. Todos têm medo de que aconteça o mesmo que aconteceu na campanha de 2014, quando Lobão Filho deu calote em todos os seus fornecedores e funcionários, principalmente os da Região Tocantina, para onde Roseana irá agora.

Por isso, a ordem é receber antecipado, ou senão nada feito. Como agora é hora de gastar pra lotar os eventos, as lideranças estão precavidas. Vamos ver se Roseana vai tirar dinheiro do bolso ou continuará amargando sucessivos fracassos.

Compartilhar